• VICTORIA, A MAIS BRITÂNICA DAS CIDADES CANADENSES
    Há 1 Ano - POR RODRIGO VIEIRA


    Esse é nosso último post com a colaboração de Rodrigo Vieira. Mas é só uma breve pausa até que ele retorne da próxima viagem e continue a nos deliciar com seus textos e fotos.

    "Victoria é puro charme. A capital da British Columbia (não, Vancouver não é capital da província) tem toda uma atmosfera britânica.
    São muitas as referências à Inglaterra: o próprio nome (uma homenagem à rainha Victoria do Reino Unido), o estilo das construções,os belíssimos jardins, as bandeiras, as casas de chá, os pubs e até os clássicos ônibus vermelhos.

    Justamente por isso, sugiro que você faça diferente de mim. Não vá a Victoria no esquema de bate e volta, partindo de Vancouver e regressando no mesmo dia. Pelo menos não se optar pelo ferry boat. Apesar de a viagem contemplar uma bela paisagem, será cansativa  e você não terá tempo de apreciar a cidade como poderia. Passe pelo menos uma noite na “The Garden City”.

    Aliás, os jardins são, de fato, um dos atrativos de Victoria. Você pode iniciar o seu passeio pelo Butchart, a 30 minutos de Downtown.
    O lugar encanta com seus jardins centenários, sendo alguns deles temáticos. São mais de 220 mil metros quadrados com centenas de espécies de flores e plantas, além de fontes e riachos. Se for no Verão, vale conferir o show de fogos de artifício aos sábados à noite.

    Na sequência, retorne ao Centro para visitar o muito bom Royal BC Museum, que conta um pouco da história de British Columbia.
    Você percorrerá cenários realistas que retratam a cultura indígena, a era colonial, a fauna e o cinema da mais britânica das províncias do Canadá.

    Antes de começar o tour pelo museu, recomendo fortemente que dê uma passadinha no The Fairmont Empress, hotel-castelo que é um dos ícones de Victoria e fica em frente ao Royal BC Museum. Vá lá para reservar o seu lugar no disputadíssimo “Tea at the Empress”.
     Aberto ao público em 1908, tem 464 quartos, uma bela vista para o Inner Harbour e já recebeu hóspedes muito ilustres, como o rei George VI e a rainha Elizabeth II, em 1939. Foi totalmente restaurado pela rede Fairmont entre 2015 e 2016, em uma reforma que custou 60 milhões de dólares.

    No The Fairmont Empress, você degustará um autêntico chá da tarde inglês. Uma deliciosa experiência, que começa com o menu para selecionar o tipo de chá que mais combina com o seu paladar (escolhi, por exemplo, o Rose Congou Emperor, que por sinal era o favorito da princesa Diana) e se estende pelas louças, guloseimas e serviço impecáveis. Há até um temporizador para que o seu chá saia exatamente como você aprecia (suave,normal ou forte).

    Para se recuperar da indulgência gastronômica, faça uma caminhada pelo Inner Harbour, a poucos passos dali. Também aproveite para conhecer a sede do parlamento de British Columbia. Tem estilo neo-barroco e é muito bonita. Dependendo do dia da semana, é possível fazer um tour guiado e gratuito pelo interior do prédio.

    Caminhe um pouquinho mais e chegue ao Beacon Hill Park, que tem enormes áreas verdes, animais soltos e pontes que rendem boas fotos. Outra opção é seguir a rota oposta e visitar Chinatown, que, ao contrário do que vemos em muitas outras cidades, é extremamente  limpa e bem-cuidada.

    Para se despedir de Victoria em alto estilo, você pode saborear uma ótima cerveja em um dos inúmeros pubs ou cair novamente em tentação e provar o ótimo spaghetti com queijo Mizithra e manteiga dourada, no Old Spaghetti Factory. God save the Queen!


    MUST SEEN IN VICTORIA

    Beacon Hill Park
    http://www.victoria.ca/EN/main/residents/parks/beacon-hill

    Old Spaghetti Factory
    http://www.oldspaghettifactory.ca/

    Parliament of British Columbia
    https://www.leg.bc.ca/

    Royal BC Museum
    https://www.royalbcmuseum.bc.ca/

    The Butchart Gardens
    http://www.butchartgardens.com/

    The Fairmont Empress Hotel
    http://www.fairmont.com/empress-victoria

     

    Post Relacionados

    BOLSA DE MULHER

    AINDA SOBRE CONVIDADOS






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos