• ARTE DE PRESENTEAR
    Há 8 Meses - POR ANA FRANCO


    Se tem alguma coisa que todos nós gostamos é de receber um presente. São raras as pessoas que não gostam, eu não particularmente não conheço nenhuma.
     
    E você pode presentear alguém querido em qualquer ocasião, não precisa obrigatoriamente uma data especial. Porem as datas comemorativas são sem dúvida as que mais se procura por um presente.
     
    Bom antes de mais nada deixa eu esclarecer que não há obrigatoriedade alguma em dar presentes, e muito menos deixar de ir a alguma festa porque está sem o presente.
     
    O que não vale é deixar a data passar em branco, então vale um cartão, uma mensagem personalizada, até um telefonema.
     
    Igualmente não há necessidade de retribuir com um presente todos os que lhe dão um presente. Mas agradecer é sim obrigatório.
     
    Dar um presente a alguém em uma data especial faz parte das regras de etiqueta, é uma atitude elegante, educada. 
    Presentes devem ser estar embalados e identificados, de quem para quem. E não esqueça de pedir que a etiqueta da troca seja colocada.
     
    Ao entregar não precisa se justificar dizendo "é só uma lembrancinha" ou "não repare que é muito simples" o fato de ser lembrado por sí só já é suficiente, não é o valor do presente, mas o gesto que diz muito sobre o seu carinho e apreço.
     
    Evite sempre presentes muito pessoais, livros, porta-retratos, bombons, flores dificilmente dão errado.
     
    Receber um presente também requer certa elegância e atenção. Não vale receber, agradecer e simplesmente dar as costas. Abra preferencialmente na frente da pessoa. Se não for possível, mande posteriormente uma mensagem e agradecendo pelo presente.
     
    Nada de dizer "não precisava" e também não precisa exibir o presente as outras pessoas que estiverem no local.
     
    Jamais demonstre que não gostou do presente. Agradeça da mesma forma, se for possível posteriormente você faz a troca.
     
    Se a festa é em local público os presentes podem ser recebidos por um familiar ou mesmo uma recepcionista, que cuidara de identificar aqueles que estiverem sem o nome.
    Só não esqueça de agradecer no dia seguinte.
     

    Post Relacionados

    OS RECOMEÇOS JUSTIFICAM OS FINS

    O CONVIDADO IDEAL






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 3 anos
HISTORIA DA ETIQUETA
há 5 anos
CARDÁPIO OU MENU?
há 3 anos