• HISTÓRIA DOS SAPATOS
    Há 1 Ano - POR ANA FRANCO


    O homem das cavernas já protegia os pés amarrando um pedaço de pele de animal, mas o registro do primeiro calçado de que sem notícia data de 2000 a 3000 AC no antigo Egito. Segundo a história, tratava-se de uma sandália, com uma base, que seria o solado, e uma alça presa dos lados passando sobre o peito do pé.

    Os primeiros sapatos surgiram na Mesopotâmia, feitos e usados por montanheses e o material usado era o couro cru.

    Já na Grécia, os atores de teatro usavam coturnos posteriormente copiados pelos romanos que passaram a usá-los no dia a dia.
     Aliás, foram os romanos que primeiro moldaram a parte superior frontal do calçado e fizeram formas diferentes para os pés direito e esquerdo, reinventadas pelos ingleses em 1818.

    Na Idade Média os tamancos eram o calçado de pessoas pobres e dos camponeses e os sapatos dos mais abastados tinham fivelas e
    cadarços.

    Quem inventou a medida para determinar o número do calçado e que é adotada até hoje foi Eduardo I, ao decretar que 1 polegada
    equivaleria a 3 grãos.

    As botas passaram a predominar no século XVIII e os sapatos tinham salto de tamanho moderado. Quem lançou o salto alto foi Luiz XIV, conservado por seu neto Luiz XV. Até hoje usa-se o salto Luiz XV como referência de tipo de salto.

    A manufatura dos calçados era manual, com solado preso por pregos até o século XIX. Somente quando surgiram as primeiras máquinas de costura é que a produção de sapatos cresceu.

    Atualmente, na fabricação dos calçados, utiliza-se materiais artificiais que imitam o couro, além dos couros de cobra, carneiro, porco, canguru, avestruz, lagarto, crocodilo e outros. Também são utilizados tecidos muito encontrados em sapatos femininos e esportivos.

     

     
     

     

    Post Relacionados

    AGRADECIMENTOS DOS PRESENTES DE CASAMENTO

    NOVOS ESPAÇOS DE TRABALHO






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 11 meses
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos