• CORRA DA LESÃO
    Há 2 Anos - POR WILLIAN SANTANA FERREIRA


    Hoje temos o prazer de receber aqui no blog um texto do Dr. Willian Santana Ferreira, Fisioterapueta, Especialista em Fisioterapia Traumato-Ortopédica com Formação Internacional no Método Busquet - Method Busquet Physiological Chains
    Pós graduando em Osteopatia - I.D.O.T., Mestrando em Neurociências e Comportamento - UFPA
    Sócio Proprietário da Clínica REACT - Fisioterapia Esportiva e Cardiopulmonar, que gentilmente escreveu para nós como se prevenir da lesão, tão comum aos corredores.

    Com vocês, Dr. Willian.

    " A corrida é um dos esportes que vem crescendo em Belém e a cada dia se torna mais frequente ouvir pessoas falando que sentiram dores
    durante ou a após a corrida.

    Durante a minha vivência na prática clínica pude perceber que a pior coisa que um corredor pode ouvir é:
    Você não pode correr durante algumas semanas devido a sua lesão!

    Muitas pessoas desenvolvem lesões em alguma articulação devido a alterações biomecânicas da coluna, quadril, joelho, tornozelo ou pé.
    Vale ressaltar que o nosso corpo é formado por elos, sendo estes totalmente interligados, o que nos leva a interpretar que alterações
    em um segmento do nosso corpo podem mecanicamente alterar a função de outras regiões.  A maioria das lesões em corredores está associada a padrões de movimento incorreto.

    Dentre as lesões mais frequentes estão à bursite trocantérica ou bursite de quadril.O tratamento inicial é conservador através de medicação e fisioterapia que utiliza de técnicas de liberação miofascial,fortalecimento dos músculos estabilizadores do quadril, terapia manual para correção biomecânica da região para uma completa resolução do caso.

    Ainda falando de quadril, temos a famosa tendinite de quadril que tem seu tratamento dividido em duas fases.
    A primeira fase voltada para o controle ou alívio da dor e na segunda fase prioriza-se a correção das alterações biomecânicas por meio de terapia manual, fortalecimento da musculatura de quadril e treinamento específico para corrida com estratégias corretivas.

    Em relação ao joelho, existem dois tipos mais comuns que são as tendinites de joelho e a condropatia patelar.
    Os tratamentos para tendinites de joelho e a condropatia patelar, de modo geral, visam principalmente à correção da técnica de corrida e pisada, terapia manual para normalizar a biomecânica do quadril, joelho, tornozelo e pé associados ao fortalecimento dos músculos do quadril.

    Não podemos deixar de falar também das canelites, que se não tratadas corretamente podem gerar fraturas por estresse.
    O tratamento é conservador através de fisioterapia e medicação; utiliza-se o repouso controlado que é determinado pelo grau do problema,
    além de cessar as atividades de impacto.

    É importante lembrar que os tratamentos citados acima abordaram de forma geral o que pode ser feito, podendo variar de acordo com o quadro de cada atleta.

    Para evitar essas lesões, a prevenção é indicada. A prevenção está diretamente relacionada ao planejamento adequado da planilha e o acompanhamento em conjunto de um educador físico e fisioterapeuta capacitados.

    As dicas em geral para prevenção incluem uma boa avaliação funcional do atleta pelo educador físico e fisioterapeuta; Corrigir o padrão de movimento; Fortalecer a musculatura de membros inferiores, superiores e de e de tronco; Trabalhar a flexibilidade e mobilidade; Alimente-se de forma adequada, perder peso caso esteja acima do ideal; Aumentar de forma criteriosa e gradual o volume e intensidade de treino; Usar tênis adequado, pois nem sempre o tênis do momento é o mais indicado; Respeitar os períodos de descanso para a recuperação do corpo; Tomar cuidado com o “overuse”, pois o excesso de treino é prejudicial ao corpo; E por fim, não ignore a dor, não treine com dor, não se automedique e se o sintoma persistir relate
    ao seu educador físico, fisioterapeuta ou ortopedista para que as devidas providências sejam tomadas antes que uma lesão se instale.

    Por fim, siga todas as recomendações do seu fisioterapeuta, educador físico e ortopedista.
    Caso você desobedeça, lembre-se que nenhum esporte é tão importante quanto a sua saúde."

    Facebook: react fisioterapia 
    Instagram: @reactfisioterapia

    Post Relacionados

    BOLSA DE MULHER

    AINDA SOBRE CONVIDADOS






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos