• VAMOS FALAR COM O PROFISSIONAL DE TURISMO
    Há 2 Semanas - POR ANA FRANCO



    Costumo comparar quem trabalha com turismo com um diplomata. Nas duas profissões você precisa gostar de pessoas, é preciso ter jogo de cintura, bom senso, ser gentil, atencioso e compreender muito bem da natureza humana e das regras de etiqueta, porque sempre é uma negociação.

    Seja você o dono da agência ou um dos funcionários, jamais deixe de retornar as ligações de seu cliente.
    Respeite as pessoas não pelo seu sobrenome ou situação financeira, mas porque são seres humanos, e seres humanos tem sonhos, sejam eles para uma volta ao mundo ou uma simples viagem para uma praia do nordeste.

    Mesmo na era do telefone celular, só incomode seu cliente depois das 9 e até as 22h, aprendi isso e sempre deu certo. Claro que uma emergência não tem regras.

    Deve fazer parte do vocabulário sempre: senhor, senhora, por favor e obrigado. Lembre que, por mais amigos quando alguem vai fechar uma viagem ele é seu cliente e deve ser tratado como tal.

    Como em qualquer outra profissão, jamais faça piadinhas sobre o destino que o cliente escolheu ou emita juizo de valor. Sugerir é uma coisa, tentar manipular a escolha do cliente é outra.

    Cuidado com suas postagens, como qualquer outro profissional você é avaliado pelo o que posta em suas redes sociais.

    Só prometa se puder cumprir, não prometa upgrade em hotel, em passagens aereas a não ser que realmente vá conseguir.

    Não faça comentários com outro cliente ou mesmo com outro funcionário sobre seu cliente, evite fococas.

    Trate a todos com respeito e consideração, não por sua conta bancária, mas por serem humanos.

    Post Relacionados

    PROFISSÃO: MAÎTRE

    REFEIÇÃO DE NEGÓCIOS, SAIBA COMO SE PORTAR






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 3 anos