• A TAL DA ETIQUETA
    Há 1 Ano - POR ANA FRANCO


    Fim de ano chegando, que tal fazer um pequeno balanço do que aconteceu no ano que está acabando? Que tal rever algumas atitudes e tentar começar o novo ano com um novo animo, que melhore nossas relações?

    Vamos começar revendo nossos conhecimentos de etiqueta e convivio solcial.
    Ter etiqueta é ter atitude, qualidade de vida, é preservar relacionamentos. E bastam pequenas atitudes e gestos simples para melhorar nosso dia a dia e nossa vida.

    O cavalheiro que abre a porta do carro para uma dama seja ela sua namorada, esposa, mãe ou amiga, demonstra respeito e atenção por ela.

    Não podemos separar nossas atitudes de acordo com o momento e o papel que estamos desempenhando. De nada adianta ser gentil socialmente se somos intratáveis no trabalho e em casa. Precisamos ter um comportamento linear e coerente e agir educadamente sempre.

    Oferecer ajuda a um colega de trabalho, levar um cafezinho para ele, cumprimentar a todos ao chegar, são atitudes indicativas de  boas maneiras e educação.

    Se o cigarro de um amigo lhe incomoda, converse francamente com ele uma única vez, não vá ficar repetindo sempre a mesma ladainha.
    Se as coisas não mudarem e você estiver no seu limite, não perca a linha, perca o amigo.

    É comum nos condomínios ter um horário determinado para mudanças, obras, recolhimento de lixo e etc. Respeite esses horários.
    Se o lixo de seu apartamento a está incomodando, não espere pelo faxineiro, leve você mesmo até a lixeira do prédio.Não vai fazer sua mão cair, é sinônimo de higiene e limpeza e politicamente correto.

    Se você está esperando o elevador e percebe que seu vizinho está manobrando o carro para estacionar e também vai subir, não custa aguardar e fazer uma única viagem do elevador. Vai economizar para você e para o condomínio.

    Por mais apressado que esteja, nada justifica chamar dois elevadores ao mesmo tempo. Não tem jeito, você só vai ocupar um deles.

    Por mais modernos que estejam os tempos, “por favor” e “obrigada” são palavrinhas que não saem de moda. Assim, use e abuse delas.
    Antes de trocar um canal de televisão ou estação de rádio, consulte quem está do seu lado, por mais que seja seu marido, filho ou amigo.

    Existe uma lei que permite que pessoas com mais de 60 anos tenham prioridade de atendimento. Não faça cara feia, você vai ter essa idade um dia e gostará desses privilégios.

    Não espere o dia do aniversário para dar um presente. Um chocolate, o biscoito preferido, um potinho de geléia, qualquer coisa pode ser motivo para agradar alguém, sem que isso signifique segundas intenções.

    Há pessoas que são naturalmente estressadas no transito. Se esse é seu caso você só tem duas soluções, ou muda ou deixa de dirigir.
    Feche os vidros do carro, ligue o ar condicionado, coloque uma música agradável e mantenha a calma e a compostura. Lembre, o transito não vai desengarrafar só porque você enfiou a mão na buzina ou ficou acelerando.

    Uma outra atitude que deve ser evitada é a de jogar papel ou outros objetos pela janela do carro. Mostre que você é bom cidadão e contribui para manter sua cidade limpa.

    Mantenha o bom humor. Incorporar a cortesia e os bons modos ao seu dia a dia só vai melhorar sua vida e a dos que convivem com você.
    Faça de você mesmo uma pessoa de bem com a vida, com quem todos sentem prazer em estar.

     
     

     

     

     

     

    Post Relacionados

    COMO COMEÇOU O CIRIO DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ

    VISITAS COM CRIANÇAS






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 11 meses
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos