• COMO FUGIR DE UMA CONFRATERNIZAÇÃO
    Há 11 Meses - POR ANA FRANCO


    O final do ano está se aproximando e as confraternizações começam a ser agendadas.
    E aí você fica pensando, todo ano é a mesma coisa, as pessoas muitas vezes mal se toleram no trabalho e, no final do ano todo mundo faz de conta que é amiguinho na festa da empresa.

    Bom, ninguem é obrigado a comparecer, mas que faz muita diferença na sua avaliação isso faz. Então, para sobreviver a isso, meu conselho é que você chegue, sorria, cumprimente todo mundo, fique aqueles 30 minutos regulamentares e saia.

    Porem, as confraternizações de amigos, aquelas que você tem liberdade para dizer sim ou não, dessas você pode e deve declinar se não se sentir confortável.

    Claro que ter um tempo com os amigos para jogar conversa fora é super importante, mas, se durante o ano todo vocês mal se falaram, qual o sentido de, no final do ano se reunir e fazer de conta que continuam BFF?

    As confraternizações do final do ano são uma tendência, e cada ano aumentam mais e começam mais cedo, se você recebeu um convite, aceite ou decline o mais rápido possivel. Se não está realmente a fim de participar, que tal usar de honestidade e declinar? É muito mais elegante do que ir de má vontade, concorda?

     

    Post Relacionados

    COMO SURGIU O HÁBITO DA MESA POSTA

    VAMOS FALAR SOBRE CARDÁPIOS






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 2 anos
HISTORIA DA ETIQUETA
há 4 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 3 anos