• MARCAÇÃO DE LUGARES
    Há 1 Ano - POR ANA FRANCO



    As empresas, por mais modernas e descoladas tem uma hierarquia e, claro, há sempre um jogo de interesses, quando
    os executivos e executivas se reunem em uma refeição de negócios.

    O tal, plano de mesa, traduzindo, a indicação dos lugares dos convidados, tem muito mais de diplomacia do que se pode imaginar.

    Dependendo da ocasião, e dos convidados, essa marcação de lugares pode ser feita previamente ou até mesmo mais informalmente pelo anfitrião.

    Para quem tem que decidir onde cada convidado deve sentar, é bom seguir algumas regras.

    As dicas a seguir são do Embaixador Guilherme Luiz leite Ribeiro, autor do livro "Os bastidores da diplomacia".

    1 – procure acomodar seus convidados em mesas redondas e para que a conversa circule melhor.

    2 – certifique-se de que haja pelo menos um poderoso (ou que se sobressaia em determinada área de atuação) em cada mesa.

    3 – evite colocar mais de dois poderosos na mesma mesa;

    4 – não coloque um homem ou mulher  poderoso/a junto de um colunista (jornalista ou blogueiro) –  porque ele pode tentar
     usá-lo como fonte, constrangendo-o em sua festa.

    5 – certifique-se de quem está ao lado dessa pessoa de mais poder ou influência não ignore a sua importância.

    6 – se for uma recepção só para empresários, deve-se tomar o cuidado de colocar, em alguns dos lugares principais,
     até mesmo os menos representativos para não provocar ciumeiras.

    7-  na dúvida sobre a ordem de precedência, ou caso haja algum “empate” de cargos e idade, conceda sempre o melhor
     lugar ao menos preparado socialmente – e dê uma explicação sincera ao preterido, que, mais inteligente, compreenderá…

    Post Relacionados

    COMO SURGIU O HÁBITO DA MESA POSTA

    VAMOS FALAR SOBRE CARDÁPIOS






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 2 anos
HISTORIA DA ETIQUETA
há 4 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 3 anos