• COLARINHOS
    Há 2 Anos - POR ANA FRANCO


    Pode até parecer estranho, mas um pequeno detalhe, como o colarinho de uma camisa, pode colocar por água a baixo toda uma produção.

    Para que você não erre na hora de escolher a camisa certa e verificar se o colarinho está adequado para seu tipo, vamos listar algumas dicas que devem ser levadas em conta.

    Em primeiro lugar há vários tipos de colarinho, como:

    Americano – Com botões aparentes, cai bem no dia a dia e nas situações menos formais. Recomendado para quem tem rosto pequeno,
    que pede um nó de gravata menor.

    Básico ou Francês – Sem botão e com pontas ligeiramente compridas, é o mais usado e funciona bem tanto de dia quanto de noite.
    Ajuda a disfarçar rostos finos e compridos.

    Inglês – Comprido, bicudo e bem moderno, é ideal para os que preferem ousar. Combina melhor com homens de rosto redondo e pescoço curto.
    O nó da gravata não deve ser nem muito largo, nem estreito demais.

    Italiano – Curto e com as pontas bem abertas, cortadas em víeis, é o modelo mais tradicional. Permite um nó de gravata mais volumoso.

    Com presilhas – O colarinho com presilhas mantém a gravata mais alta. Feito para homens de rosto anguloso e pescoço longo.

    Você também deve observar o seguinte:

    O colarinho não deve ser muito apertado nem frouxo demais, e sim ajustado ao pescoço. O ideal é que seja possível colocar o dedo indicador
    entre o tecido e o pescoço.

    Colarinhos franceses vão bem com paletó esportivo. Ternos escuros pedem colarinhos mais caprichados como os italianos e ingleses.

    O nó na gravata deve ficar bem ajustado, abacado ao colarinho.

    As pontas do colarinho devem tocar o corpo da camisa, mesmo com a gravata.

    A altura do colarinho é muito importante. Os mais baixos são proibidos para pessoas de pescoço curto e os mais altos para as pessoas de
    pescoço comprido.

    O colarinho deve aparecer apenas um dedo acima da lapela.

    O prendedor de gravata objetiva fixar a gravata à camisa e deve ficar 20 cm acima do cinto.

    Abotoa-se o casaco somente com o botão do meio. No caso dos casacos traspassados devem ser abotoados os dois primeiros.

    p.s.foto colarinhos Dudalina www.dudalina.com.br

     

     

    Post Relacionados

    COROA, TIARA OU DIADEMA?

    AGRADECIMENTOS DOS PRESENTES DE CASAMENTO






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos