• TEM ETIQUETA NO CARNAVAL SIM!
    Há 9 Meses - POR ANA FRANCO



    "Quanto riso oh! quanta alegria, mais de mil palhaços no salão, Arlequim está chorando pelo amor da Colombina, no meio da multidão"
    É carnaval, e, provavelmente você está pensando, com que roupa que eu vou?
    Será que carnaval vale tudo? E onde ficam as regras de etiqueta nos dias de folia? Certamente que não deixadas de lado, afinal o que acontece no carnaval pode repercutir no resto do ano inteiro.

    Há bailes, há bloquinhos, alguns exigem traje fantasia e os blocos costumam comercializar o famoso "abadá". 
    Quanto a fantasia, o que aconselho é escolher algo prático, que seja fácil de vestir, que não atrapalhe os movimentos, para que você possa brincar sem ficar puxando a roupa aqui e acolá.

    Com relação aos abadás, tem pessoas que alteram tanto, que customizam alterando tanto que chega a descaracterizar completamente a roupa.
    Eu aconselho que evitem decotes muito profundos, lembre de que você estará em movimento e que há pessoas de todos os tipos e educação. Qualquer descuido pode ser o inicio de uma grande confusão.
    E mais um pequeno mas muito importante detalhe, sua imagem conta muito no momento da festa, pense em qual a imagem que você está passando e o que essa imagem provoca.

    Também não é o momento para peças muito curtas e saltos muito altos, você vai ficar em pé por várias horas e vai acabar descalça com o sapato na mão, tem imagem pior?

    Tem sim, se além disso você passar dos limites na bebida alcoolica. Se homem bebado é feio e inconveniente, imagina uma mulher, além de ficar vulnerável a qualquer assedio.

    E como eu sempre digo, chame a atenção pelas atitudes educadas e gentis, é isso que destaca você e não aquele arranjo na cabeça tipo Carmem Miranda, que em nada combina com seu estilo.

    Outra regra básica de etiqueta é beber com moderação e saber seus limites. Nunca se esqueça que direção e bebida não combinam e que seus amigos querem aproveitar a festa tanto quanto você.
    E uma última e simples “diquinha”: não precisa estar vestida (o) como carro alegórico para se destacar. O importante é ser fiel às normas da etiqueta até nos momentos de diversão. Você vai ser um sucesso.

    Aproveite o carnaval!

    Post Relacionados

    ATENÇÃO HOMENS, VEJAM COMO APRESENTAR SUA ESPOSA

    NA FEIRA LIVRE NO CHILE E COM MUITA ELEGÂNCIA






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos