• AMOR DE VERÃO
    Há 2 Anos - POR ANA FRANCO


    Quem nunca se apaixonou, quem nunca curtiu um amor de verão? Sabe como é, o clima esquenta, os corpos esquentam,

    a temperatura literalmente sobe.

    No verão a quantidade de roupa é mínima, os belos corpos bronzeados desfilam num jogo de sedução.
    E assim surgem as paixões, tão breves quanto o verão.

    Na estação mais quente do ano as pessoas saem mais à rua, todo mundo quer ver e ser visto.
    E haja show, banda, barzinho, chopp gelado e azaração.

    Para quem não quer nada sério, o amor de verão é um prato cheio.
    Mas cuidado, vai que você entra num relacionamento só por farra e acaba se apaixonando?

    Quem já viveu esse clima diz que a culpa é da quantidade de sol na cabeça que altera a consciência,
    os hormônios, o metabolismo.

    Há muita gente que não leva a sério esses encontros casuais, esses namoricos, as famosas “ficadas” de praia.
    Mas, como o amor é uma incógnita, uma verdadeira loteria, o universo até pode conspirar a favor dos amantes.

    Acho que a melhor forma é não alimentar grandes expectativas, afinal vocês estão ali vendo somente o lado bom de cada um,
    e é com a convivência, com o dia a dia que os problemas surgem, que as diferenças aparecem, os pequenos defeitos,
    as manias que tanto nos incomodam.

    O importante mesmo é tomar os cuidados necessários, usar camisinha, e deixar o romance rolar sem pensar muito no futuro.
    Vai que vocês engrenam um romance mais sério, heim? Afinal é verão, tudo pode acontecer.

     

     

     

     

    Post Relacionados

    COMO VOCÊ SE COMPORTA EM UM VELÓRIO

    MARCAÇÃO DE LUGARES






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos