• O QUE VALE E O QUE NÃO VALE NO LOOK DO TRABALHO
    Há 11 Meses - POR ANA FRANCO


     Na hora de escolher o que vestir para o trabalho, o que vale e o que não vale?
    Claro está que depende muito do estilo de empresa que você trabalha, sua profissão e, claro, o gosto pessoal de cada um.

    Mas algumas peças já são especiificas para determinadas profissões e cargos, e delas você não vai poder abrir mao.

    A gravata, por exemplo, algumas empresas já aboliram, mesmo as mais tradicionais e formais, mas em determinadas situações elas devem fazer parte de seu visual.
    Abriram mão da gravata mas não dos paletós e calças sociais, embora em uma versão mais moderna, calças skinny, paletós mais acinturados, especialmente os jovens executivos.

    Se você trabalha em um escritório de design, de arquitetura, em uma agência de comunicação ou nessas empresas de TI, seu visual certamente será mais descolado, despojado e esportivo. O que não pega bem para um advogado.

    Para quem quer ou precisa, ficar no meio termo entre formal e informal, alguns itens que não podem faltar em seu guarda roupa de trabalho são, uma camisa branca, uma calça de alfaiataria, saias lápis, vestidos tipo envelope e pantalona.
    Além, é claro, do famoso "pretinho básico", um verdadeiro coringa que muda de acordo com os acessórios.

    Tenha sempre em mente, que moda é uma mistura de tendências+estilo pessoal+humor+biotipo. nem sempre funciona, porque tem quem esqueça um dos itens dessa soma, e ai desanda tudo.

    Mas o que quero dizer é que você tem uma certa liberdade poética na hora de montar o visual, e que isso não deve ser motivo de tanta preocupação, afinal a vida já é muito cheia de problemas para arrumar mais um.

     

    Post Relacionados

    AGRADECIMENTOS DOS PRESENTES DE CASAMENTO

    NOVOS ESPAÇOS DE TRABALHO






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 11 meses
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos