• COMO LIDAR COM A DIVERSIDADE SEXUAL
    Há 2 Meses - POR ANA FRANCO


    Pensei bastante antes de escrever esse post, afinal essa não é minha praia embora tenha vários e queridos amigos gays.
    Trato a todos da mesma forma, com respeito e educação, jamais fiz qualquer diferença ou tive qualquer restrição a sua opção.
    Mas sei que há pessoas que ficam numa saia justa sem saber como agir.
    Então, com base na minha experiência aqui vão algumas dicas, espero que sejam úteis.

    Por exemplo, há pessoas que não assumem a sexualidade gay e aí? Respeite, se ela não assumiu é porque não quer ou não pode, ainda existe preconceito em alguma famílias.Trate como trataria qualquer pessoa, não insinue nada e não julgue a pessoa por isso.

    Há pessoas que se incomodam quando assistem a um beijo gay em público. Meu conselho, ficou incomodada, mude de ambiente, tanto heteros quanto homossesuais tem o mesmo direito de expressar seu carinho e seu afeto.
    Na verdade penso que, seja que tipo de casal for, grandes arroubos de paixão devem ser evitados em público.

    Como falamos antes, há pessoas que não podem ou não querem se assumir gay, se alguem conhecido seu está narmorando um não assumido, não se meta, deixe que eles resolvam essa situação.

    Como convidar um gay para uma festa familiar se a familia é conservadora? Sonde o terreno, se sentir que não vai haver receptividade o melhor é evitar esse constrangimento para todos.

    Trato os trans como eles querem ser tratados, por ele ou por ela, não discuto, dependendo se o trans parece ser ele ou ela. Na dúvida total, pergunte o nome, vem daí uma boa indicação.

    Post Relacionados

    AFTERNOON TEA OU HIGHT TEA

    PARA O QUE SERVE CADA TAÇA?






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 3 anos