• SEM NOÇÃO
    Há 2 Anos - POR ANA FRANCO



    Tempos modernos e muito estranhos esses nossos, parece que, de um dia para outro, as pessoas perderam a noção do que vestir.
    O tal " dress code" que todos deveriam seguir, não é mais respeitado em ocasiões em que se faz mais do que necessário.

    Antigamente, viajar de avião era sinônimo de ver pessoas arrumadas, hoje em dia parece que a pessoa acordou e foi viajar com o pijama que estava vestindo, ou ainda, de shorts e sandálias havaianas, " as legítimas".
    Tudo bem que você não precise se arrumar como para uma festa, mas um pouco de compostura vai bem. Uma calça confortável,
    sapatilhas ou tênis, camiset e um casaquinho ja vão lhe conferir um visual bem melhor.

    Um outro local onde volta e meia você se depara com um " sem noção" é um velório. o ideal seria uma roupa escura, sóbria, própria para a ocasião, mas se você estava no trabalho e na total impossibilidade de trocar de roupa, pelo menos tire os acessórios e deixe o visual o
    mais clean possivel.

    Como a sexta feira passou a ser sinônimo de casual day, tem gente achando que pode ir trabalhar já com a roupa da baladinha que vai rolar depois do expediente. Fuja dessa roubada. Vale a calça jeans, mas ela deve estar acompanhada de uma camisa de manga e alguns acessórios. Leve a blusa que vai usar depois para trocar quando acabar o serviço, assim como o salto alto e a maquilagem para retocar.

    Mas o pior ainda está por vir, madrinhas de casamento, no altar que querem aparecer mais do que a noiva. É uma surra de decotes, fendas, transparências, brilhos, dignas de uma passarela do Oscar. O que elas querem é " causar" . Madrinha tem que estar vestida dignamente,
    vestida como a ocasião e a formalidade que um casamento na igreja exigem.

    E como dizem por aí: pronto, falei!

     

     

     

     

    Post Relacionados

    E AFINAL O QUE É SER ELEGANTE?

    SUSTENTABILIDADE TAMBÉM TEM A VER COM ELEGÂNCIA






Mais vistos

QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
HISTORIA DA ETIQUETA
há 3 anos
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos