• ANEL DE NOIVADO
    Há 1 Ano - POR ANA FRANCO



    A maioria dos historiadores considera que a tradição do anel de noivado começou ainda com os antigos egípcios.
    Mas existem indicios de que essa prática já existia na Grecia e em Roma.

    Costumava-se presentear a pessoa amada com um anel de noivado, anunciando o casamento.
    Os egipcios costumavam usar joias como simbolo de sua riqueza, e, ao se casar e presentear a esposa com um anel, o homem assumia que sua riqueza passava a ser, também, dela.
    E era sempre usado no terceiro dedo da mão esquerda, porque havia a crenca de que a veia "amoris" ligava o dedo anelar diretamente ao coração.
     
     A Igreja Católica só veio a reconhecer a importância desse simbolo no século XI, e, em meados do século XVI as alianças de casamento passaram a ser usadas nas cerimonias de casamento.

    Os primeiros aneis de noivado não tinham pedras preciosas, algum tempo depois é que elas foram introduzidas. Eram usadas safiras, esmeraldas e rubis. O primeiro registro de um anel de noivado com diamantes é atribuido ao Arqueduque Maximiliano, da Áustria, quando pediu a Condessa de Borgonha em casamento.

    A Tiffany & Co lançou o imortal design Tiffany Seting em 1866, um anel com seis garras que levavam um diamante.
    Esse modelo ficou conhecido como "solitário" por ter uma única pedra, e até hoje é um dos modelos m ais procurados no mundo todo.

     

     

    Post Relacionados

    AFTERNOON TEA OU HIGH TEA?

    TRADIÇÃO DE SERVIR BOLO






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos