• VAMOS FALAR DE GARFOS
    Há 10 Meses - POR ANA FRANCO



    Nós ocidentais aprendemos desde muito cedo a utilizar os talheres nas refeições, mas dificilmente paramos para pensar na origem desses utensilios tão necessários.
    De acordo com relatos históricos, os romanos já utilizavam um talher muito rudimentar na hora das refeições. 
    Mas foi Catarina de Medicis foi quem popularizou o uso do garfo na europa.

    Os garfos, em geral, são fabricados em prata, aço ou plástico. Os talheres de prata, são utilizados em eventos muito formais, pela sua própria nobreza.

    No dia a dia e em ocasiões menos cerimoniosas, utiliza-se o garfo inox, e os de plásticos ficam para aquelas ocasiões de total informalidade, onde o serviço não exige mesa posta.

    E você sabia que existem garfos específicos para cada prato?

    Sim, e não somente o garfo de peixe, o de carne e o de sobremesa.
    Existe um garfo formado por dois ou tres dentes planos e largos ideal para aperitivos. Já os garfos utilizados para ostras possuem tres dentes e tem um aspecto curvo como de uma colher.

    O garfo comum, tambem chamado de garfo de mesa, tem quatro dentes longos, diferente um pouco do de carne, que possue tres pinos em linha reta.

    O garfo para peixe, que tem um dente de tamanho diferente e pontudo, para auxiliar na hora de remover alguma espinha que tenha vindo indevidamente.

    O garfo de salada também é um garfo pequeno, de quatro dentes, não tão longos quanto os do garfo de mesa.

    O garfo para sobremesa é menor que os outros garfos e, para facilitar o momento de cortar ele tem laterais mais afiadas, evitando o uso de faca.

     

     

     

    Post Relacionados

    AFTERNOON TEA OU HIGH TEA?

    TRADIÇÃO DE SERVIR BOLO






Mais vistos

HISTORIA DA ETIQUETA
há 2 anos
QUANDO O CONVIDADO PAGA A SUA DESPESA NA FESTA
há 1 ano
COMO SERVIR CAFÉ
há 2 anos